Chapter 001 — Conto de Fadas

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Chapter 001 — Conto de Fadas

Mensagem por .Strawberry em Dom Jun 21, 2015 6:07 pm

Relembrando a primeira mensagem :

Conto de Fadas | Rota 01
Tempo: Ensolarado | Horário: 13:04

Sempre muito calma e serena, caminhava ao lado daquela criaturinha rosada e cheia de graça pela Rota 01. Pouco rechonchudinha e numa forma pouco cômica de estrela, assim era Cleffa, minha inicial do tipo Fairy. Diferente de mim, aquela Pokémon exalava animação e hiperatividade, parecia mais uma criança. Seus passinhos contra a grama eram meigos e ela chegou a tropeçar em uma pequena pedra.

— Oh, meu doce, não caia. Parei minha caminhada, ajoelhando-me e a ajudando a levantar. Apesar de tudo, mantinha um belo sorriso nos lábios e parecia ter gostado daquilo.

Era tão alegre, animada... Parecia um anjinho. Seu nome ia ser... Ham...

— Venha, Morgana. Peguei-a no colo, e por ali ela ficou, toda boba por estar sendo carregada e segurando bem firme nos meus braços com suas pequenas mãozinhas. Estava bem eufórica olhando para os arredores, provavelmente em busca de alguma coisa nova.

Apelidar a Babadeira de Morgana <3
avatar
.Strawberry
Monotrainer Fairy
Monotrainer Fairy

Mensagens : 181
Poké Points : 705

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Chapter 001 — Conto de Fadas

Mensagem por .Strawberry em Qua Jun 24, 2015 12:23 am

Conto de Fadas | Rota 01
Tempo: Ensolarado | Horário: 13:38

Quando já estávamos nos retirando, uma voz rouca e máscula fez a aparição no local. Cleffa acabou assustando-se e se estremeceu em meu colo, mas logo eu a acalmei e virei-me para ver melhor o autor daquela voz. Era um homem com vestes bem extravagantes e com um guarda-chuva apoiado no ombro encostado numa árvore. Fitei-o dos pés a cabeça e então estranhei sua posição perante a situação.

— Sou apenas uma criadora Pokémon, se me permite dizer. Respondi-o com frieza, mas educação acima de tudo. Deixei com que Cleffa subisse de meu colo para o ombro e ficasse ali ao lado de algumas mechas de cabelo que caíam como cascatas ao seu redor.

Ele apresentava um tom de voz sereno, talvez tanto quanto o meu. Analisei-o dos pés a cabeça pensando no porquê eu iria querer a ajuda de um desconhecido. Cheguei a duvidar do sujeito e sair dali andando, mas não seria muito proveitoso. Aliás, pessoas de boa índole existem nesse mundo.

— Como você poderia me ajudar? Morg parecia um pouco desconfiada, mas mantinha-se ali em meu ombro, prestes a me ajudar no que fosse preciso.
avatar
.Strawberry
Monotrainer Fairy
Monotrainer Fairy

Mensagens : 181
Poké Points : 705

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chapter 001 — Conto de Fadas

Mensagem por Hummingbird em Qua Jun 24, 2015 11:08 am


Narração




Com uma empreitada de respostas recheada de sagacidade, a garota parecia saber lidar muito bem com estranhos. Quero dizer, tinha lá toda sua serenidade e um jeito doce que parecia ser frágil, mas no momento necessário, mostrou a autoridade que ameaça qualquer um. No caso, não funcionou com esse homem, talvez porque ele realmente não tinha intenções ruins, ou pelo menos, não mostrou ter.

— Hahahaha, você é mesmo sagaz!- Sorriu, colocando-se à esquerda da garota, frente a luz do sol ante a árvore.


E assim que apareceu, Cassandra conseguiu entender porque ele tinha aquela voz tão rouca. Já parecia ser um homem quase idoso, ainda que fizesse tanta questão de parecer mais jovem com um cabelo tão exótico quanto as roupas. Enfim, parecia ser um homem de gostos bem excêntricos. O fato é que, com seu guarda-chuvinha o homem bloqueou os fortes raios solares que ainda insistiam em atravessar a copa das árvores, antes atingindo o rostinho do tal Pidgey. Agora, agachado na frente do pokemon, podia protegê-lo, mas, seu intuito não era esse.

— Eu vi como você cuidou desse pokemon tão indefeso. Livre de qualquer ambição, sem esperar nada em troca. Foi um ato muito nobre sabia?- Suas palavras saiam quase como melodia, Cassandra teria certeza que esse homem trabalhava com alguma coisa musical.— Aliás, você pode me chamar de Vlad. E caso lhe interesse saber, sou uma espécie de professor, rsrs.- Riu.

Parecia realmente preocupado com o tal Pidgey. Retirou de algum bolso do próprio Kimono o que parecia ser um item, e, sem hesitar, usou no tal pássaro. Ao que tudo indica era algum item curativo já que, assim que usado, rendeu um grande suspiro da parte do pombo. Com os pulmões cheios, o Pidgey rapidamente voltou a respirar com mais calma e seus ferimentos foram ficando mais leves, ainda que, ele precisasse de repouso. Ao fim, o homem voltou a falar... com toda mansidão como a das nuvens que passavam tranquilamente no céu;

— Como eu disse, eu vim te ajudar. Mas não quer dizer que será de graça. Você precisa passar por um teste, onde só então completo, saberei da sua real índole e lhe entregarei o presente que tenho.- E depois de uma explicação tão misteriosa, o homem inclinou seu guarda-chuva um pouco para a direita, destacando um olhar muito tranquilo indo de encontro direto aos olhos de Cassandra.— Você aceita fazer o teste?- Completou.

* Sei que parece meio repetitivo, mas, eu precisava salientar as condições nesse post até pra apresentar melhor o NPC e tudo mais. Ainda tem chance de recusar se não quiser. Ainda que, os prêmios sejam muito bons.

avatar
Hummingbird
Administrador
Administrador

Mensagens : 1518
Poké Points : 499
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chapter 001 — Conto de Fadas

Mensagem por .Strawberry em Qua Jun 24, 2015 11:18 am

Conto de Fadas | Rota 01
Tempo: Ensolarado | Horário: 13:45

Conseguia ver agora melhor o homem. Tinha um penteado bem exótico que acompanhava aquelas vestes do mesmo tipo. Com o desenrolar da conversa pude perceber que ele afinal não era de má índole... Bem, pelo menos era o que aparentava pra uma primeira impressão.

— Ah, não foi nada. Agi por impulso... Não seria justo deixá-lo aqui agonizando de dor e sem um amparo. Respondi, agora cruzando os braços por debaixo das mangas do kimono, fazendo com que as mãos entrassem nas mangas opostas. Cleffa agora já parecia mais segura e não mais demonstrava alguma insegurança.

Vlad era o seu nome, e bem, tratava-se de um professor. Observei-o dos pés até a cabeça novamente e escutei ele falando sobre aquela mesma coisa de antes; me ajudaria, mas em troca de um teste. Um presente era a tal ajuda provavelmente. Eu não estava muito confiante de participar de tal teste, mas Cleffa mostrou-se tão animada que eu aceitei.

— Sim, aceito. E ah, pode me chamar de Cassandra... E essa é Morgana. Apresentei-me junto de Morg, e então esperei por suas ações ainda naquela pose serena e calma.
avatar
.Strawberry
Monotrainer Fairy
Monotrainer Fairy

Mensagens : 181
Poké Points : 705

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chapter 001 — Conto de Fadas

Mensagem por Hummingbird em Qua Jun 24, 2015 11:46 am


Narração




Acredita-se que somente pela animação da pequena Cleffa é que Cassandra baixou um pouco a guarda. Diga-se de passagem, um estranho aparecer assim, oferecendo ajuda do nada, ou ainda um teste misterioso? Bem, ao menos as coisas não se mostravam perigosas... ainda.

O homem ainda agachado, e mesmo assim ficava quase na altura da moça, destacou um largo sorriso ao ouvir que ela aceitava sim passar pelo tal teste. Levantou-se então e se inclinou, o suficiente, pra aproximar o seu rosto na altura de onde a Cleffa estava sendo segurada. Brincava com a pequena fadinha como se vê-la sorrir fosse o maior prazer na vida. E há quem diga que bebês não tem efeito sobre os homens...

— Hahahaha, sua parceira é mesmo adorável, maravilhosa!- Elogiou, todo contente.

Ao fim, ergueu sua postura mais uma vez, esbanjando altura na totalidade dos seus 1,90, ou até mais. Apoiou seu guarda-chuva apenas com a clavícula - até com certo esforço - enquanto que usava as mãos pra procurar alguma coisa dentro do bolso do kimono. Quando achou, ergueu o cenho. Sorriu mais uma vez e então as retirou; 2 pokebolas.

— Vamos começar! Eu tenho estas duas pokebolas. Cada uma tem 1 pokemon, então por favor, escolha uma.- Por fim, colocou 1 pokebola em cada uma das mãos.

Tanta gentileza assim, de repente? O teste devia ser mesmo complicado. Morgana por sua vez somente observou tudo, cheia de curiosidade e entusiasmo. E agora, acompanhada somente da luz do sol e das nuvens tranquilas, Cassandra tinha seu primeiro desafio a cumprir no teste.


avatar
Hummingbird
Administrador
Administrador

Mensagens : 1518
Poké Points : 499
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chapter 001 — Conto de Fadas

Mensagem por .Strawberry em Qua Jun 24, 2015 12:11 pm

Conto de Fadas | Rota 01
Tempo: Ensolarado | Horário: 13:50 PM

E então, ele simplesmente pedia-me para que eu fizesse uma escolha. Estrahei a atitude, e logo me impus:

— Um Pokémon? Mas eu não posso usar Morgana? Não estava entendendo muito bem. Em todo o caso, sem entender o porquê daquilo, viria a escolher a Poké Ball em sua mão direita.

Não tinha muito o que fazer naquele momento, esse então era o início do teste? Mas o porquê eu teria de escolher um daqueles dois Pokémon continuava bem oculto, tal como a recompensa.
avatar
.Strawberry
Monotrainer Fairy
Monotrainer Fairy

Mensagens : 181
Poké Points : 705

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chapter 001 — Conto de Fadas

Mensagem por Hummingbird em Qua Jun 24, 2015 1:24 pm


Narração




E apesar de todas as estranhas coincidências, a garota não se intimidou, fez a sua escolha, apesar de ainda ter dúvidas. Inclusive, até chegou a mencioná-las, rendendo mais alguns risos por parte de Vlad, o misterioso professor.

— Hahahaha, não se iluda, querida. Você não vai usar estes pokemons. Você simplesmente escolheu qual deles vai fazer parte do teste.- Informou, cheio de cordialidades.

Na sequência, tomou a outra pokebola não escolhida para si, guardando-a no bolso estranho daquele kimono exótico. E então, o mistério ganhou destaque na sua mão direita; a esfera bicolor nunca ganhou tanta atenção. Que pokemon tinha dentro? O que isso iria ajudar no teste? Sem mais delongas, o homem não hesitou em lançá-la, chamando seu pokemon para fora.

O brilho que saltou da pokebola logo tomou forma de uma criaturinha alaranjada, um lagarto talvez? Tinha fogo na ponta da cauda, parecia perigoso. Assim que percebeu estar livre, bocejou largamente rendendo alguns estalos e flamas pelo ar. Aquilo chamou atenção da Cleffinha que, por sua vez, ficou maravilhada com os estalinhos. Até sorriu um pouco, se divertindo.

— Este é o meu Charmander! Pode analisá-lo se quiser.- E com a mesma mão que antes segurava a pokebola, deu passagem para que Cassandra pudesse ver melhor a criaturinha.

Agora, o homem encontrava-se mais a esquerda. O tal Charmander no centro, entre o Pidgey que jazia no chão ao sul e Cassandra com sua Cleffa, ao norte. E, passado algum tempo - suficiente pra que Cassandra tomasse sua decisão de analisar o lagarto ou não -, o pokemon de fogo e o treinador trocaram poucos olhares, mais que suficiente pra que o tal Charmander entendesse o seu papel naquela situação. Pareciam mesmo experientes, afinal, se conheciam bem.

No ímpeto de um movimento, o lagarto balançou sua cauda pra lá e pra cá até que ela brilhou num tom mais azulado, obscuro. A flama então cresceu de repente e, dali, saltaram algumas brasas que voaram direto no tal Pidgey, antes mesmo que Cassandra pudesse tomar alguma decisão. O pombo arqueou as costas assim que sentiu as queimaduras e, para piorar, elas não cessaram tão rápido. Continuaram chamuscando suas costas numa ardência que era torturante aos olhos de qualquer um. Mas o Charmander sequer se abalou. Simplesmente deu passagem pra que Cassandra pudesse ver tudo. Vlad também não fez muito, pelo menos não a princípio. Ele parecia querer esperar pra ver qual seria a primeira reação de Cassandra...


avatar
Hummingbird
Administrador
Administrador

Mensagens : 1518
Poké Points : 499
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chapter 001 — Conto de Fadas

Mensagem por .Strawberry em Qua Jun 24, 2015 3:44 pm

Conto de Fadas | Rota 01
Tempo: Ensolarado | Horário: 13:54 PM

Usaria minha Pokédex no Charmander, até perceber que este estava disparando chamas de sua cauda contra o pobre Pidgey. Cleffa fez um escândalo, e eu mantive-me ali, parada.

Impactada.

— Isso é um teste ou uma tortura afinal? Morg! Exclamei, esperando que a Cleffa entendesse e logo ficasse pronta para interromper. — Use Pound no Charmander, vamos parar o seu ataque. Ordenei.

Não tinha uma reação certa para o que estava acontecendo. Cleffa era a única que tinha alguma chance de parar aqueles ataques. Sabia que não deveria confiar num homem daqueles em plena Rota...

— Se ele mirar em você, não hesite em desviar e seguir em frente, conto com você. Retomei a calma, observando tudo e procurando alguma brecha para ajudar.  
avatar
.Strawberry
Monotrainer Fairy
Monotrainer Fairy

Mensagens : 181
Poké Points : 705

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chapter 001 — Conto de Fadas

Mensagem por Hummingbird em Qua Jun 24, 2015 4:44 pm


Narração




E no íntimo daquele papel de bom homem, haveria mesmo um malfeitor escondido?

Cassandra quase tombou de surpresa quando, distraída usando sua pokedex, percebeu que o tal Charmander - agora identificado como um - disparava uma sequência de chamas obscuras contra o pombo já ferido, causando-lhe queimaduras torturantes! Aquilo era algum tipo de loucura? O pokémon já estava ferido o suficiente, não havia necessidade disso. Ou havia? Foi então que a voz do aparelho interrompeu...


#004 - Charmander
The flame that burns at the tip of its tail is an indication of its emotions. The flame wavers when Charmander is enjoying itself. If the Pokémon becomes enraged, the flame burns fiercely.

Não suficiente, aquele ataque antes usado pelo Charmander também foi identificado pela pokedex da garota; tratava-se de um Will-o-Wisp. O movimento em si tinha como intuito causar as tais queimaduras tão agravantes, causando tortura ao longo do tempo que passa. Infelizmente foi um golpe tão rápido que a garota não teve tempo de reagir e defender o pombo. Mas teve tempo suficiente pra raciocinar e tomar sua segunda decisão; defendê-lo.

Morgana, sua companheira, não ficava para traz. Fez o maior escândalo no colo da treinadora, queria saltar e descer a mão no Charmander. Quando recebeu a ordem então, mostrou-se a mais corajosa de todas. Num pulinho só ela já rodopiou no ar e caiu o mais perto possível do lagarto. Franziu o cenho, antes adorável e feliz, agora furioso e indignado. Chegando nele, ergueu a mão direita e já se preparava pra dar o bofetão, até que....foi interrompida!

Scratch!

O Charmander parecia ser bom de combate, tanto que conseguiu desferir o seu ataque com os pés. Um chute arranhado raspou na barriga da fadinha, rendendo-lhe um empurrão que a fez rolar para traz. O dano não foi muito forte mas, foi de supetão, ela não esperava.

— Muito bem, muito bem! Já estamos na transição da segunda para a terceira e última fase do teste.- Alegou Vlad, ainda naquela serenidade toda. Ele estava louco afinal?— Passou pela fase de escolha, agora está na fase de defesa. Muito bem, mantenha-se em guarda, minha querida. A batalha está só começando!- Completou.

Informações da Batalha escreveu:

Charmander (M)
Level: 05
HP: 80%
Condições: Normais.

VS


Morgana (F)
Level: 05
HP: 80%
Condições: Normais.


— Charmander, em guarda! Vamos com Will-O-Wisp! Em seguida, aproxime-se pela direita e ataque com Scratch!- Por fim, tomava distância assumindo postura no outro lado do campo de batalha.

Ao que tudo indica, estava mesmo louco.

Cassandra e Morgana agora tinham que correr contra o tempo; vencer Vlad o quanto antes para, só então, tomar uma decisão frente ao que acontecia com o tal Pidgey.

Observação escreveu:* Dado o estado de ferimento do Pidgey, vou estipular um limite de 5 turnos pra sobrevivência do Pidgey. Se você não conseguir derrotar o Vlad durante esse período, o Pidgey die.

avatar
Hummingbird
Administrador
Administrador

Mensagens : 1518
Poké Points : 499
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chapter 001 — Conto de Fadas

Mensagem por .Strawberry em Qua Jun 24, 2015 5:37 pm

Conto de Fadas | Rota 01
Tempo: Ensolarado | Horário: 13:54 PM

A batalha então tinha início. Aquele teste era maníaco; o Pidgey queimava agonizando de dor ao longe enquanto eu estava impedida mesmo de me aproximar dele. Cleffa conseguira tirar um dano considerável de Charmander, mas também recebera um Scratch... As coisas estavam tomando um rumo que eu não planejava.

Assim que a ordem de usar o Will-o-Wisp fora dada, eu logo retruquei:

— Vamos com Encore! E então use Pound nele, tenha certeza de causar o máximo de dano que conseguir; lembre-se do que ele fez ao pobre Pidgey. Mantinha o controle da situação, vendo todas as minhas possíveis movimentações na batalha.

Esperei um tempo para então indagá-lo:

— Esse é seu passa-tempo? Ir pelas rotas abordando aventureiros novatos e propô-los um teste de pura tortura? Tsc, me parece loucura. Disse, deixando bem claro minha reprovação com a inocência do Pidgey que era usado de cobaia.  
avatar
.Strawberry
Monotrainer Fairy
Monotrainer Fairy

Mensagens : 181
Poké Points : 705

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chapter 001 — Conto de Fadas

Mensagem por Hummingbird em Qua Jun 24, 2015 6:18 pm


Narração




Mediante o combate, poucas palavras eram necessárias, a cena falava por si!

Enquanto o Pidgey agonizava nas queimaduras, berrando e gastando seus últimos suspiros pra pedir ajuda - mesmo que em vão -, Vlad insistia naquela loucura e dava as ordens para o seu Charmander impedir qualquer aproximação. E o lagarto, inescrupuloso, seguiu a risca o que lhe foi ordenado! Começou balançando seu rabo, flamejante, de um lado para o outro. Parecia mais um tipo de ritual, igual o que fez antes.

A chama então brilhou num azul fosco e do nada disparou algumas flamas que incendiaram o corpinho de Morgana, sem qualquer chance de escapatória, pelo visto. A Cleffa então criou um laço perfeito com o Pidgey. Agora sofria com o mesmo que ele, sentia na pele a dor das queimaduras e, ao ver o amiguinho sofrendo, só ficava ainda mais sentida. Por sorte, as queimaduras começaram a ser amenizadas e até mesmo Vlad não entendeu.

Foi quando Morgana aproveitou a brecha pra aplaudir. Isso mesmo! Engana-se quem pensa que não havia motivo. Seus aplausos rechearam o ego do pequeno lagarto de fogo que, com os olhos brilhando, sentia-se num show de circo. Começou a saracotear pra tudo que era lado, brilhando sua calda em chamas azuis enquanto disparava o mesmo ataque em vão. Era o efeito do Encore, escolhido por Cassandra.

Uma tática e tanto já que, agora, o Charmander estava completamente indefeso. Morgana espreitou o olhar e, mesmo com um leve incômodo das queimaduras, avançou, desferindo-lhe um belo de um bofetão. Aquele sim, carregou toda a força acumulada da pequena. Um notório critical hit. E não era pra menos, provocar a pequena com uma situação tão horrorosa era uma tortura ainda pior! Vingança bem dada.

Informações da Batalha escreveu:

Charmander (M)
Level: 05
HP: 58%
Condições: Encored +2 moves

VS


Morgana (F)
Level: 05
HP: 80%
Condições: Magic Guard ativada, prevenindo danos indiretos | Burning, Atk reduzido 25%.

— Você está tirando conclusões precipitadas, jovenzinha.- Inferiu Vlad, mantendo a calma e compostura. Aliás, ele parecia estar calmo até demais pra quem fez uma maldade dessas. Chegava a provocar pensamentos do tipo; existe mesmo gente desse tipo?

Coisa que só enfurecia ainda mais a Cleffinha. Não que ela fosse de natureza agressiva, porém, só não conseguia admitir que aquilo estivesse acontecendo! Cassandra provavelmente sentia o mesmo, as duas pareciam ligadas por um laço muito forte. Mas não eram as únicas. Vlad não devia ser um homem inexperiente, ainda mais em seu ofício. Aliás, era professor do quê mesmo? Pergunta que ficou no ar.

— Na hora certa você saberá dos meus propósitos. Os fins justificam os meios, já ouviu falar? Hahahaha- Sorriu, tomando um ar e então voltando aos comandos de batalha; — Charmander, aguente firme! Logo logo você estará livre!- Completou, confiante.

Observação escreveu:* Turnos restantes para o Pidgey: 4 Turnos

avatar
Hummingbird
Administrador
Administrador

Mensagens : 1518
Poké Points : 499
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chapter 001 — Conto de Fadas

Mensagem por .Strawberry em Qua Jun 24, 2015 6:42 pm

Conto de Fadas | Rota 01
Tempo: Ensolarado | Horário: 13:58 PM

Cleffa impressionantemente aguentava os danos da queimação, talvez devido a alguma habilidade ou coisa do tipo... Enfim, não tinha tempo para essas coisas. Observava que Charmander estava a repetir aquele mesmo movimento por um tempo, o suficiente para que Morgana pudesse ter uma vantagem e tanto. Nossa chance era agora: terminar com aquilo o mais rápido possível.

— Aguente firme, Pidgey. Morg, dê-lhe dois Pounds seguidos, um com cada mão, acha que consegue? Ordenei-lhe ainda com aquele tom de confiança e sereno, mantendo a calma acima de tudo.

Me precipitando... Bem, não tinha como não agir dessa forma diante a um ato desses. Uma das desvantagens era que eu tinha pouco tempo para vencer aquele Charmander, visto que o Pidgey pelo visto não viveria muito tempo nessas condições.  
avatar
.Strawberry
Monotrainer Fairy
Monotrainer Fairy

Mensagens : 181
Poké Points : 705

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chapter 001 — Conto de Fadas

Mensagem por Hummingbird em Qua Jun 24, 2015 7:05 pm


Narração




Cassandra tinha razão em sentir-se minimamente incomodada com tudo aquilo. Não era preciso salientar quantas estranhezas rondavam a situação? É, parece que ela estava mesmo vivendo uma jornada e tanto.

O fato é que a batalha estava uma loucura, Charmander contra Cleffa, ambos contra o tempo. O vencedor? Era um mistério tanto quanto as intenções de Vlad. O lagarto de fogo dançava como se estivesse num show. Soltava seu Will-O-Wisp largamente, sem pudor. E sem efeito também, é claro.

Enquanto isso, Morgana e Cassandra ficavam a cada turno mais experientes. Era incrível! As duas pareciam começar a conhecer uma da outra a ponto de reagirem muito bem ao perigo, sob pressão! Foi sensacional. A pequena Cleffa estava cheia de coragem, entusiasmo, energia...mal conseguia se conter. Rodopiou em volta do próprio eixo e quando parou; um bofetão. Acertou a bochecha do lagarto que ficou estagnado no ar, devido ao impacto. Cleffa rodopiou novamente, e quando parou; outro bofetão. Com os dois golpes o Charmander rodopiou e ficou desorientado também. Os dois pareciam estar dançando...

Informações da Batalha escreveu:

Charmander (M)
Level: 05
HP: 32%
Condições: Encored over.

VS


Morgana (F)
Level: 05
HP: 80%
Condições: Magic Guard ativada, prevenindo danos indiretos | Burning, Atk reduzido 25%.

A dança dos dois pokemons começava a assumir um ritmo frenético. A melódia? Quem ditava eram os gritos de aflição do pequeno Pidgey. O enredo? O mistério de Vlad. E o inimigo? O tempo.

— Perfeito, perfeito! Você consegue sentir? A emoção está transbordando! Magnífico!- E o tal "professor" parecia entrar em estado de delírio, despejando palavras como se dançasse ao som da melodia. — Em frente Charmander! Hora de dar os nossos primeiros passos! Avance com seu Scratch!- Coordenou.

Um combate direto; não havia escapatória. Mas Morgana não mostrou ter medo, ou mesmo querer recuar. Parecia estar inteiramente forte na confiança que a treinadora lhe passava. E agora, restava que Cassandra ditasse suas notas...


Observação escreveu:* Turnos restantes para o Pidgey: 3 Turnos

avatar
Hummingbird
Administrador
Administrador

Mensagens : 1518
Poké Points : 499
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chapter 001 — Conto de Fadas

Mensagem por .Strawberry em Qua Jun 24, 2015 7:37 pm

Conto de Fadas | Rota 01
Tempo: Ensolarado | Horário: 14:03 PM

Como ele podia se divertir numa luta levando em consideração que havia um Pokémon bem ali prestes a morrer? Maníaco... Ou eu estava o interpretando errado? Bem, não importa.

— Seus golpes estão perfeitos, Morg! Vamos manter esse ritmo, tudo bem? Avante com mais dois Pounds! Ordenei, confiante que Morgana poderia terminar essa luta em pouco tempo.

E ali atrás de Cleffa, eu a observava lutar, piruetar, fazer seus movimentos... Era tudo muito mágico; então era assim que funcionava uma batalha Pokémon afinal? Não estou perdendo nada virando uma nômade.  
avatar
.Strawberry
Monotrainer Fairy
Monotrainer Fairy

Mensagens : 181
Poké Points : 705

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chapter 001 — Conto de Fadas

Mensagem por Hummingbird em Qua Jun 24, 2015 7:55 pm


Narração




Os momentos de tensão se aproximavam;

Nesse turno, palavras eram difíceis de se usar pra descrever como tudo acontecia. Enquanto de um lado; Vlad e seu Charmander dançavam como se estivesse abrindo um dos mais espetáculos. Do outro; Cassandra e Morgana que lutavam a todo custo pra desfazer o mal entendido e salvar o pequeno Pidgey dos tais ferimentos.

Uma troca de golpes foi eminente. Scratch vs Pound, Fire vs Normal. Tudo contra o tempo. E o resultado foi uma brutal troca de socos e bofetões até que cessassem devido a fadiga, aguardando um próximo e talvez, último turno.

Informações da Batalha escreveu:

Charmander (M)
Level: 05
HP: 10%
Condições: Encored over.

VS


Morgana (F)
Level: 05
HP: 58%
Condições: Magic Guard ativada, prevenindo danos indiretos | Burning, Atk reduzido 25%.

— Você ainda vai conseguir enxergar o que eu enxergo. Além do que as coisas parecem ser...- E apesar de serem sábias palavras, mediante a situação, não pareciam muito convincentes. Por mais que ele tentasse.

O tempo estava se esgotando, e, apesar de parecer não se importar com isso, Vlad não tardava a dar seus comandos, muito menos Charmander em executá-los. Doravante, o estado dos pokemons em campo beirava para um turno final, dependendo dos movimentos é claro. Vlad ao menos já haveria antecipado isso. Seus olhos experientes não deixavam nenhum detalhe escapar, apesar do semblante pouco intimidador...

— Essa é a dança final! Charmander, vamos acabar com isso! Scratch mais uma vez!- Lançou as palavras como numa ópera; impetuosas, graves. Chegou até a encenar alguns passos de dança, acompanhado somente de seu guarda-chuva como se fosse uma "acompanhante" na dança.

E Cassandra? Estaria pronta pra também decidir a batalha ali mesmo?

Observação escreveu:* Turnos restantes para o Pidgey: 2 Turnos

avatar
Hummingbird
Administrador
Administrador

Mensagens : 1518
Poké Points : 499
Idade : 21

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chapter 001 — Conto de Fadas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum